Caic-Guarani

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

História do Apartheid

História do Apartheid

- Guerra dos Boêres

- Origem do Apartheid

- Lutas contra o Apartheid





Uma produção 
Rádio Galera &
Alunos dos 7º anos D, E & F
do Caic Guarani.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Crônicas bem animadas



A arte nas escolas públicas - Caic Guarani

Os 16 alunos selecionados da Escola Municipal Prof. Stella Saraiva Peano (Caic Guarani) participam, desde o início do ano, de oficinas de animações computadorizadas, técnicas de leitura e produção de crônicas, por meio do projeto “Crônicas Animadas: Arte e Tecnologia”, realizado na rede municipal de ensino de Uberlândia. Os estudantes produziram roteiros e desenharam personagens e cenários para produção de vídeos em formato de animação. 

     O projeto, segundo a coordenadora pedagógica, Déborah Borges, começou com a participação dos professores de literatura e artes, no início do ano. “Os alunos escreveram as crônicas e fizeram desenhos com tema livre e foram selecionados para participarem das oficinas”, disse. 

     No Caic Guarani, o “Crônicas Animadas” está em fase de conclusão. No início desta semana, os alunos aprenderam técnicas para unir o texto aos desenhos. O cartunista Fernando Duarte, responsável pela oficina de desenho, afirma que, nesta fase, Eles ficam envolvidos e querem ver o trabalho deles pronto.

    A coordenadora pedagógica do projeto “Crônicas Animadas”, Déborah Borges, afirma que participando de todas as etapas o aluno se aproxima das técnicas e percebe como as animações são feitas. “É uma forma de mostrar para eles que a técnica não está tão distante como eles pensam. A nossa intenção é fazer com que esse aluno desperte a criatividade e se desenvolva com mais facilidade em outras áreas também”, disse. O projeto será concluído no dia 20 de abril e será apresentado para toda a comunidade escolar. “Cada escola escolhe uma forma de apresentação, mas a maioria faz um lanche e apresenta no período noturno”, afirmou Déborah Borges.


Jovens aprovam iniciativa e vislumbram futuro na arte

    Falar sobre as eleições de 2010 e ainda criar um partido político parece ser algo difícil para uma criança de 11 anos, mas foi o tema escolhido pelo estudante do 7º ano Joaquim Eurípedes de Lima Oliveira Garcia, participante do projeto “Crônicas Animadas” no Caic Guarani. O Partido Verde-limão (PVL), criado por ele, ganhou cores, cenário e candidatos irreverentes. “Inventei um mundo com lutas a favor do meio ambiente e também personagens engraçados. Viajei na história e estou satisfeito com meu trabalho”


Corrreio Uberlândia / Joaquim 7º F

Arte Gótica II

A PINTURA

A pintura gótica desenvolveu-se nos séculos XII, XIV e no início do século XV, quando começou a ganhar novas características que prenunciaram o Renascimento. Sua principal particularidade foi a procura do realismo na representação dos seres que compunham as obras pintadas, quase sempre tratando de temas religiosos, apresentava personagens de corpos pouco volumosos, cobertos por muita roupa, com o olhar voltado para cima, em direção ao plano celeste.

Os principais artistas na pintura gótica são os verdadeiros precursores da pintura do Renascimento (Duocento):



* Giotto - a característica principal do seu trabalho foi a identificação da figura dos santos com seres humanos de aparência bem comum. E esses santos com ar de homem comum eram o ser mais importante das cenas que pintava, ocupando sempre posição de destaque na pintura. Assim, a pintura de Giotto vem ao encontro de uma visão humanista do mundo, que vai cada vez mais se firmando até ganhar plenitude no Renascimento.
Obras destacadas: Afrescos da Igreja de São Francisco de Assis (Itália) e Retiro de São Joaquim entre os Pastores.




* Jan Van Eyck - procurava registrar nas suas pinturas os aspectos da vida urbana e da sociedade de sua época. Nota-se em suas pinturas um cuidado com a perspectiva, procurando mostrar os detalhes e as paisagens.
Obras destacadas: O Casal Arnolfini e Nossa Senhora do Chanceler Rolin.


Ana Carolina 7º F

Saneamento básico, um dever do Estado, responsabilidades dos cidadãos

EDUCAÇÃO AMBIENTAL É UM SINAL DE INTELIGÊNCIA


(morador do Bairro Guarani - Uberlândia MG)

Esta imagem mostra um homem lavando sua porta com mangueira, o que comprova o desperdício de água potável para fins que poderiam ser utilizado, por exemplo, vassoura para tirar o excesso de lixo e depois baldes com água para enxaguar.

Cartão vermelho: Isso é imperdoável hoje em dia, mesmo a água sendo relativamente barata, temos que pensar nas gerações futuras que possivelmente terão escassez de água potável.


(bueiro do Bairro Guarani - Uberlândia MG)



Está imagem mostra um bueiro cheio de lixo impedindo a passagem de água para o esgoto, o que impede que as águas da chuva sigam seu curso provocando enchentes e trazendo de volta o lixo que muitos moradores, infelizmente, ainda jogam nas ruas.

Cartão vermelho: isso também é imperdoável, pois revela não só a falta de consciência ambiental, mas também uma boa dose de "burrice", pois jogamos o lixo na rua que é pública, ou seja, é de todos nós.

(terreno baldio do Bairro Guarani - Uberlândia MG)

Mostra um terreno cheiro de lixo que pode acumular insetos, ratos e ser habitat do mosquito da dengue. A pessoa que jogou esse lixo poderia por em saquinhos plásticos e esperar o caminho da coleta que passa duas vezes por semana.

Cartão vermelho: isso é inaceitável, pois existe coleta de lixo, infelizmente ainda não a coleta seletiva, para os entulhos, existe também a central de entulhos, de modo que tal atitude dos moradores é reprovável.


Dayanne 7º F

Arte Gótica


ARQUITETURA


A primeira diferença que notamos entre a igreja gótica e a românica é a fachada. Enquanto, de modo geral, a igreja românica apresenta um único portal, a igreja gótica tem três portais que dão acesso à três naves do interior da igreja: a nave central e as duas naves laterais.

A arquitetura gótica expressa a grandiosidade, a crença na existência de um Deus que vive num plano superior; tudo se volta para o alto, projetando-se na direção do céu, como se vê nas pontas agulhadas das torres de algumas igrejas góticas.

A rosácea é um elemento arquitetônico muito característico do estilo gótico e está presente em quase todas as igrejas construídas entre os séculos XII e XIV.

Outros elementos característicos da arquitetura gótica são os arcos góticos ou ogivais e os vitrais coloridíssimos que filtram a luminosidade para o interior da igreja.

As catedrais góticas mais conhecidas são: Catedral de Notre Dame de Paris e a Catedral de Notre Dame de Chartres.

Francisco 7º E

Peste Negra



Os primeiros casos de peste negra parecem ter ocorrido na China,no início do século XIV.

Essa doença dizimou populações desde a Ásia central até a cidade de Constantinopla,acompanhando as rotas comerciais terrestres usadas para transportar seda e peles para o Ocidente.

No porto de Constantinopla (atualmente chamada Istambul, na Turquia), os navios italianos

que transportavam mercadorias para a Europa acabaram levando também muitos ratos, cujas

pulgas estavam contaminadas pela doença. Foi assim que a peste negra alcançou os portos europeus, entre 1348 e 1352.

A bactéria causadora da doença era transmitida pelas pulgas contaminadas alojadas nos ratos.

Devido às más condições de higiene na época, os ratos infectavam as casas, onde essas pulgas pi-

cavam os humanos animais. Essa era a forma como se contraía a doença.

A peste negra podia atacar os pulmões (peste pneumôniaca ),infectar a corrente sanguínea

(peste septicêmica) ou criar inchaços na pele chamados bubos (peste bubônica). Quando os bubos

estouravam, provocavam dores insuportáveis.

João Lucas 7º F

sábado, 9 de outubro de 2010

Hino Nacional

video


Nas margens claras do Ipiranga ouviu-se de um povo heróico um grito alto. Nesse instante no céu da pátria, o sol da liberdade brilhou em raios brilhantes.

Se conseguimos conquistar o direito dessa igualdade com braço forte, foi pela liberdade que em teu seio desafiamos, com nosso peito, a própria morte.

Saudemos a pátria amada e idolatrada.

Se em teu formoso céu, risonho e claro a imagem do Cruzeiro brilha intensamente. O Brasil é um sonho intenso e um raio vívido que desce a terra trazendo amor e esperança.

Gigante pela própria natureza, é belo, é forte, destemido em sua soberania poderosa e em teu futuro espelha tal grandeza.

É você Brasil, que entre outras mil, é terra adorada e pátria amada.

Pátria amada que é mãe dos filhos deste solo chamado Brasil.

Ò Brasil que deitado eternamente em berço admirável, ao som do mar e à luz do céu profundo, relampeja como centro da América iluminado que está pelo sol do novo mundo.

Da terra mais vistosa, teus risonhos e lindos campos têm mais flores; “nossos bosques têm mais vida”, “nossa vida” no teu seio “mais amores”.

Saudemos a pátria amada e idolatrada.

Brasil seja símbolo do amor eterno e vanglorie de exibir este estandarte estrelado que diz com o verde-louro desta bandeira: paz no futuro e glória no passado.

É você Brasil, que entre outras mil, é terra adorada e pátria amada.

Pátria amada que é mãe dos filhos deste solo chamado Brasil.


Nota: Esta versão narrada e simplificada (Há outras) do hino nacional procura tirar os floreios poéticos de seu típico parnasianismo para facilitar o entendimento de seus significados, sem, contudo, eliminar seu caráter de hino de louvou à pátria.